Materiais acessíveis de aquarela

4.12.17

Desde que comecei a me envolver com arte eu tinha duas ideias muito claras sobre aquarela: 1. era muito difícil. 2. era coisa de quem tinha dinheiro, porque o material é muito caro!

Sobre ser ou não difícil fica pra outro dia, mas com o tempo fui percebendo que dá sim pra gastar 500 reais num bloco de papel para aquarela ou gastar R$50 em 5ml de tinta, mas quem tá começando não deveria nem se preocupar com isso! Existem muitos materiais que são ok (não vou mentir falando que são bons) e que dá pra começar a brincar sem deixar seu rim na Casa do Artista. Nesse post vim mostrar quais são os materiais que uso desde o começo e quais eu uso até hoje!!!


Eu recebo muitas perguntas, todos os dias, sobre quais pincéis/papéis/tintas que eu uso, então esse post é pra servir de guia e para ajudar quem está perdido com tantas opções e ainda não tem experiência pra decidir sozinho. Não vou me aprofundar muito em todos os tipos de pincéis ou papéis (até porque precisaria estudar bem mais pra isso, já que são tantos detalhes e tanta variedade), hoje eu só vim contar pra vocês o que eu gosto muito de usar! Lembrando que esse post é baseado no meu gosto pessoal e eu ainda tenho muito a aprender, então se você tiver alguma sugestão, deixe um comentário.


Pincel —

Eu amo os pincéis de ponta redonda da linha Cotman, da Winsor e Newton. Com o tempo você vai entendendo quais pincéis funcionam melhor com o tipo de arte que quer desenvolver. Eu faço muitos detalhes e pinto áreas pequenas, então a ponta redonda e firme das cerdas sintéticas desse pincel são muito confortáveis pra mim. Outras marcas de pincel sintético que são acessíveis e eu uso sempre: Keramik e Sinoart.


Papel —

Eu comecei a pintar em aquarela com a Aquarelle, da Canson. A Canson é uma mas maiores empresas produtoras de papel do mundo, então eles tem muitas linhas que vão das escolares até as ultra profissionais, como a Heritage (AVISO: se não quiser chorar de desgosto, não pesquise o preço desse papel no Google). Mas não há necessidade de sair comprando papéis tão caros se você nem sabe manipular a tinta, ainda! Vá com calma! Montval também é um papel muito usado, mas eu particularmente não gosto. Assim que comecei a adquirir mais confiança comecei a comprar os 100% algodão e experimentar outros tipos de papel... hoje um dos meus preferidos é o acetinado, que não tem quase nenhuma textura e permite muitos detalhes!

PS: esses cadernos da foto são todos da Canson, da linha One Art Book.


Tintas —

Pra começar tudo vale, mas eu evitaria esses estojos comuns de papelaria, como o da Pentel, com aquarelas pouco pigmentadas. Na minha opinião, aquarelas boas pra começar são as da Van Gogh (Royal Talens) e da Cotman (Winsor e Newton). Eu comecei com um estojo de 12 cores (foto no topo do post) e conheço vários profissionais que utiliza essas aquarelas mesmo depois de ganhar mais experiência. Como eu gosto de trabalhar com grandes formatos (ano que vem vai ter bastante disso), preciso fabricar muita tinta de uma vez, e quanto mais pigmentada a aquarela, mais água você pode usar pra cobrir grandes áreas de papel sem perder a intensidade da cor. Esses dias resolvi finalmente testar a Ecoline (Royal Talens). Ela é vendida como aquarela líquida concentrada, mas eu já escutei de muita gente que entende de pigmento que Ecoline não deveria nem ser considerada aquarela... então eu uso só pra brincar no meu sketchbook. Tem tons muito vibrantes, é bem divertido! Mas quando vou vender algum original, uso apenas aquarelas profissionais.



Enfim, é isso. Quando você vai melhorando na aquarela começa a ficar animado em comprar mil papéis caros e tintas com pigmento forte, e realmente se você vai investir em uma carreira de ilustrador/aquarelista esses são seus instrumentos de trabalho, principalmente se você for vender os originais. Então, é legal investir. Mas até chegar nesse momento eu nem sugiro comprar coisas caras, porque vai demorar um tempo até você fazer coisas que vá realmente se orgulhar e querer vender, vai ficar só gastando material caro sem usufruir todo seu potencial. Uma das coisas que aprendi com a aquarela é que temos que ser pacientes e apreciar o processo de aprendizagem, conquistando cada vitória. :)

E você, quais materiais de aquarela mais gosta de usar?

2 comentários:

  1. Olá!! Fiquei com uma dúvida.. voce utiliza os cadernos one artbook da canson para aquarela também? Porque a gramatura dele é bem baixa, inagino que o papel fica bem enrugado...

    Adorei o post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, tudo bem? Obrigada. :) Esse caderno do topo é de uma linha da Canson que chama "C" à grain e é destinado para várias técnicas, inclusive aquarela, mas mesmo assim eu acho que o Aquarelle é melhor... agora, os outros da One Artbook, apenas de ter a gramatura um pouco maior do que um caderno com papel pólen normal, não aguenta aquarela.. mas eu uso mesmo assim, às vezes! haha Só pra brincar. :)

      Excluir