melhor aquisição ever!

27.3.11
em poucas horas acaba o final de semana mais incrível que eu tive desde que cheguei na itália: sexta de jazz, sábado de vinho e longas conversas e domingo de mercados de antiguidades.

achei um dr. martens (10€ - não, você não leu errado, eu paguei sim 10€ eu um dr. martens quase novo), um livro (1€), já que o meu está quase acabando e uma agenda da cruz vermelha italiana de 1962 (5€), que eu comprei para fazer as anotações das minha viagens! primeiro eu estava pensando em comprar um moleskine, mas além da agenda me parecer mais original e incrivelmente mais barata, ela também tem mais páginas! além do que eu nem comecei a anotar coisas nela ainda e ela já tem uma história!


dr. martens
croce rossa italiana
il vicolo del funaio


agora, pra terminar o final de semana lindo só falta pudim de pão, cappuccino, algum fellini e terminar o meu livro. :)

como ser feliz em apenas 3 passos:

20.3.11
1:
cookies


2:
cookies


3:
cookies

mercato delle pulci.

8.3.11










hoje foi minha primeira visita em um mercado de pulgas europeu. bem, mais ou menos... não é bem um mercado de pulgas e não tem só coisas antigas, tem também utensílios do dia-a-dia, bugigangas, sapatos e roupas novos e usados.. das coisas mais absurdas até as mais óbvias.. inclusive comida: queijos, vinhos, lanches, pizzas..

claro que fiquei tentada a comprar um milhão de coisas, mas já estava preparada pro surto consumista (aquele que você tem certeza que precisa de coisas que nunca tinha visto antes na vida) e fui sem dinheiro. mesmo assim não consegui fugir de uma echarpe de 3€. tô no lucro.

the romantics

5.3.11


- sabe, por outro lado, quer dizer… olha, 10 anos de amizade colorida e, esporádico e incrível sexo, intercalados com as noites tão divertidas! explica a razão revolucionária da conversa. sem mencionar o tempo que passamos juntos. ouvindo música, sabe, dirigindo… sem destino…acho que, uma bela bagunça termina melhor sem aviso. seria melhor.
- eu sinto muito.
- não sinta. foi um presente. um ato de covardia tão completa, desqualifica uma pessoa de consideração.
- eu tentei fazer o que achei que era certo. não é como se fosse inesperado.



(…)


- você acha que tem um dom especial por me conhecer tão profundamente, laura?
- não! eu acho que ambos fazemos isso.
- já te ocorreu que eu preciso de alguém como a lila?
- e como seria?
- não sei, alguém feliz.
- quer dizer, apática?!
- alguém prática.
- quer dizer, ocupada?!
- alguém confiante.
- rica.
- estável.
- frígida.
- que não deprima os outros só para ser o suporte!
- oh, então você quer dizer o seu oposto!
- sim, talvez.
- bem, você não ouviu? os opostos se atraem e depois se matam de tédio.
- sabe, tédio é melhor que loucura.
- eu prefiro morrer de emoção.