Recomendações para ler em 2018

4.2.18


Semana passada eu terminei de ler Me Chame Pelo Seu Nome, e foi o livro que mais mexeu comigo nos últimos tempos! Quem me acompanha no stories do Instagram já sabe que eu passei 3 ou 4 dias obcecada com essa história. Foi o tempo de terminar de ler o livro e sair correndo pro cinema ver o filme... que me decepcionou. Fui com muitas expectativas, eu sei. Apesar de ser um filme lindo, não achei que mereceu a indicação ao Oscar de roteiro adaptado, muitos aspectos importantes da história não ficaram claros no longa-metragem, na minha opinião. No final, é como se tivesse sido um caso de tesão e paixão, e foi muito mais que isso.

Pode vir, 2018!

8.1.18


2017 foi um ano muito louco! Um ano em que eu cuidei mais dos outros do que de mim, que eu mais trabalhei (extrapolando inclusive meus limites) e mudei minha vida completamente ao virar artista independente. Sou muito grata por esse ano que me tornou mais forte, mais confiante e também mais calejada.

Depois de tudo que eu passei, entre inseguranças, a grande surpresa que foi o retorno positivo do #100daysproject que fiz na minha conta do Instagram e os problemas familiares, eu só tenho a agradecer por 2017 ter acabado, assim posso virar a página e fazer de 2018 um ano de mais conquistas!

Não diferente dos outros anos, tenho muitos projetos! Muitas coisas que eu quero fazer, aprender e executar! Então, hoje eu resolvi sentar e pensar em alguns objetivos profissionais dessa vida louca de freela para esse ano e compartilhar com vocês. :)

Materiais acessíveis de aquarela

4.12.17

Desde que comecei a me envolver com arte eu tinha duas ideias muito claras sobre aquarela: 1. era muito difícil. 2. era coisa de quem tinha dinheiro, porque o material é muito caro!

Sobre ser ou não difícil fica pra outro dia, mas com o tempo fui percebendo que dá sim pra gastar 500 reais num bloco de papel para aquarela ou gastar R$50 em 5ml de tinta, mas quem tá começando não deveria nem se preocupar com isso! Existem muitos materiais que são ok (não vou mentir falando que são bons) e que dá pra começar a brincar sem deixar seu rim na Casa do Artista. Nesse post vim mostrar quais são os materiais que uso desde o começo e quais eu uso até hoje!!!

Let's make some velas

19.11.17

Amo fazer coisas com as mãos! Amo ter coisas a minha volta que fui eu que fiz, e que criam experiências e sensações dentro da minha casa e que tem uma história. Uso o crochê para fazer cestos de malha, tapetes, capas de almofadas (mais disso no futuro), gosto de fazer peças de cerâmica pra cozinha (é uma ótima forma de aprender), etc. Amo cozinhar, amo fazer coisas com as mãos, tipo pintar... enfim, vocês entenderam. :)

Uma das últimas que andei aprontando é fazer velas. Eu já fiz velas de parafina no passado, mas agora eu estou aprendendo como fazer velas com cera de soja, que tem um aspecto mais leitoso (que eu gosto bem mais), além de serem menos tóxicas.


Ano novo, agenda nova

5.11.17


Tá, eu sei que estamos em novembro, não estamos em 2018 ainda, mas é o meu ano novo. No final de outubro comemorei meus 29 e como tenho considerado aniversário mais ao novo do que dia primeiro de janeiro, resolvi mudar de agenda.